“Vim pedir socorro para o curso de Direito da Uespi”, disse Mariano na Câmara de Parnaíba

Professor Mariano José, do curso de Direito da Uespi

Professor Mariano José, do curso de Direito da Uespi

O professor e advogado Mariano José Martins Lopes, coordenador do Curso de Direito da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), campus de Parnaíba, utilizou o espaço da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Parnaíba na noite desta terça-feira(4) para denunciar o descaso do governo do Estado e da reitoria da Uespi com Prédio Miranda Osório, originariamente a sede do curso de Direito. Atualmente a edificação está com sua estrutura física severamente comprometida por falta de manutenção e desde janeiro os alunos já não utilizam mais as instalações por causa do risco desconhecido acarretado pelo abandono, segundo o professor. “A minha presença aqui nesta casa é para pedir socorro”, disse Mariano José no começo da sua fala.

A participação do professor Mariano na Câmara Municipal atendeu requerimento da vereadora Neta Castelo Branco, presidenta da Câmara Municipal. Na ocasião, o coordenador do curso de Direito pediu o apoio dos vereadores no sentido de sensibilizar a reitoria da Uespi e o governo do Estado para a necessidade de restauração do prédio, considerado uma das mais importantes edificações históricas de Parnaíba. Ele reclamou da falta de interesse das autoridades no sentido de preservar aquele patrimônio, além de ser um desrespeito com o curso de Direito da Uespi, reconhecido pela Ordem dos Advogados do Brasil como um dos 90 melhores do país. Na ocasião ele mostrou a placa de reconhecimento da OAB Nacional.

Mariano José sugeriu aos vereadores que formassem uma comissão para visitar o Prédio Miranda Osório e que também realizassem uma audiência pública e convidassem o reitor da Uespi, Professor Carlos Alberto Pereira, para dar explicações à cidade e à comunidade acadêmica. A presidenta da Câmara, Neta Castelo Branco, aderiu à ideia e prometeu agendar a audiência para o mês de agosto, após o recesso parlamentar do meio do ano. Ele apresentou na sessão cópias de leis e outros documentos relativos à história do prédio. Lembrou que integra o curso de Direito desde a sua implantação pelo ex-governador Mão Santa e prometeu continuar lutando pela sua restauração para que volte a ser a sede do curso de Direito da Uespi em Parnaíba.

Estudantes de Direito acompanharam o coordenador Mariano José à Camara Municipal, entre eles o presidente do Centro Acadêmico, Edi de Jesus.

TÍTULO DE CIDADÃO PARNAIBANO

O professor Mariano foi surpreendido, antes da sua fala, pela leitura no expediente da Câmara Municipal, de um projeto de lei de autoria do vereador Geraldo Alencar Filho propondo titulo de cidadão parnaibano para ele. O autor da proposição justificou que o título é um reconhecimento ao trabalho que ele prestou e vem prestando à educação superior no município, com destaque para a sua atuação, por diversas vezes e atualmente, como coordenador do Curso de Direito da Uespi em Parnaíba.

Para o vereador Carlson Pessoa, a Câmara fará justiça ao conceder o título de Cidadão Parnaibano ao professor Mariano. A presidenta da casa, Neta Castelo Branco, e outros vereadores também cumprimentaram o vereador Geraldo Alencar pela iniciativa. Ao assumir o microfone da Tribuna Livre, Mariano José manifestou sua surpresa e disse estar muito emocionado. “Eu agora estou pensando no que eu vou dizer, porque eu vim aqui para pedir socorro para o Curso de Direito e fui surpreendido com esta homenagem”, disse.

F. Carvalho, do http://www.a24horas.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s