Agricultor acusa diante de ouvidor nacional grupo Euclides Dicarli de fazer “grilagem” em Santa Filomena

O agricultor de Santa Filomena, no sul do Piauí, Vitório Antônio Lopes, denunciou, no inicio da tarde de ontem, quarta-feira, 5, ao ouvidor agrário nacional e presidente da Comissão Nacional de Combate à Violência no Campo, desembargador Gersino José da Silva Filho, que grupos poderosos estão “grilando” terras no seu municipio, utilizando jagunços e promovendo o terror junto a legítimos posseiros. Ele acusou diretamente o grupo Euclides Dicarli. Revelou ainda que em em janeiro de 2011, 48 horas depois de denunciar em Brasília a grilagem na região, seu irmão, José Antônio Lopes, que também reagia à violência, foi assassinado a tiros.
O ouvidor nacional está em Teresina especialmente para tratar da “grilagem” de terras no Piauí com o desembargador Francisco Paes Landim, corregedor do Tribunal de Justiça do Piauí e nesta quinta-feira se encontrará com a presidente do Tribunal, desembargadora Eulálio, e com líderes de trabalhadores ruais, na sede do Incra.
A denúncia de Vitório foi feita durante a reunião e ele estava acompanhado de seu advogado, José Odon. O agricultor disse que não foi assassinado também porque não se encontrava em casa quando jagunços invadiram a sua residência e frustrados com sua ausência destruiram muitos de seus pertences.
O ouvidor nacional admitiu ter um levantamento sobre a extensão da “Grilagem” no Piauí e afirmou que algumas situações foram comprovadas e que vem sendo examinadas em profundidade para uma tomada de posição num prazo curto.Ele deu a entender que essa situação gera conflitos violentos. blogdofeitosacosta

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s