Se as mãos não alcançam, os pés…

  

Se possível ajude alguém se levantar… nem todo mundo sabe ou pode por si só ultrapassar barreiras, dificuldades. Depois que estiver de pé deixe seguir por seus próprios meios.     

Roberto Carvalho, jornalista

 

À namorada que nunca tive

“As feias que me desculpem mas a beleza é fundamental”, Vinícius de Moraes. 

“Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.”  – Enquanta ‘dura’, diz a voz da experiência.

Último terceto do “Soneto de Fidelidade”, de Vinícius.  Poetinha que morreu de amar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s