Ministro Fernando Bezerra chega a Parnaíba nesta 2ª feira para autorizar obras do Dipalpi

Vista do Ditalpi

Vista do Ditalpi

O prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, o governador Wilson Martins, o vice-governador Moraes Souza Filho e outras autoridades estaduais e municipais recepcionarão às 12h45min desta segunda-feira (17), no Aeroporto João Silva Filho, o ministro da integração nacional, Fernando Bezerra. Ele vem a Parnaíba com a missão de assinar ordem de serviço para a retomada das obras dos Tabuleiros Litorâneos.

A chegada da comitiva do ministro ao Ditalpi está prevista para as 13h30min, estando o embarque para Teresina agendado para acontecer às 16h30min. A nova etapa do Ditalpi estava parada há cerca de um ano, depois de avanços significativos nas obras que ficam nas duas margens da BR 343, nas proximidades da comunidade Baixa da Carnaúba.

O PROJETO

Produzir alimentos e produtos vegetais sem o uso de produtos químicos, longe de fertilizantes e pesticidas. Esta é a finalidade dos Tabuleiros Litorâneos em Parnaíba, meta que já vem sendo cumprida parcialmente e com muitas dificuldades enfrentadas pelos irrigantes.

A principal fruta produzida é a acerola. São mais de quatro mil toneladas comercializadas todos os anos, sendo os principais destinos a Europa e América do Norte. Mas não é só esse produto que as 70 famílias de lá cultivam. Caju, limão, goiaba, manga, banana e hortaliças também são produzidos e escoados para os mercados locais e regionais.

A qualidade dos produtos dos Tabuleiros Litorâneos é conhecida em todo o Brasil. Grandes empresas do ramo adquirem as frutas e comercializam nas centrais de abastecimento das capitais e nos supermercados da região Nordeste, Sul e Sudeste. “Os tabuleiros litorâneos têm um enorme potencial de produção, a nossa meta é transformar a região em um dos maiores polos frutíferos do Brasil. Para isso precisamos dar condições aos produtores realmente interessados em produzir no local”, lembra o governador Wilson Martins.

Na última quarta-feira (12), o governador Wilson Martins esteve em Brasília e cobrou do Governo Federal a retomada das obras da segunda etapa dos Tabuleiros Litorâneos. O pedido foi atendido pelo ministro Fernando Bezerra, da Integração Nacional, que nesta segunda-feira (17) autoriza o reinício das obras.

A produção atual dos Tabuleiros Litorâneos é concentrada nos 2.4 mil hectares de área irrigada. Agora, a segunda etapa prevê mais 5.9 mil hectares, divididos entre irrigantes familiares, agrônomos e técnicos agrícolas. Para o engenheiro Francisco Suassuna, um dos responsáveis pelo Distrito Tabuleiros Litorâneos do Piauí (Ditalpi), o início da segunda etapa é um sonho de todos os produtores da região. A projeção agora é de aumentar em mais de 50% a produtividade. “Estamos confiantes com a autorização da segunda etapa do projeto. A ideia é aumentar a capacidade produtiva, atingir limites que nunca alcançamos antes. Com a total execução do projeto podemos dobrar a produção de frutas”, explicou.

A agricultura orgânica certificada é a marca dos cultivos no perímetro irrigado Tabuleiros Litorâneos, com área irrigável de 2.443 hectares que gera hoje 2.237 empregos diretos e 4.474 empregos indiretos, beneficiando uma população de 13.400 pessoas. Já foram realizados 51% da meta traçada para a II Etapa. Os serviços para conclusão incluem as obras de infraestrutura hídrica de uso comum, estações de bombeamento, rede elétrica, viária, drenagem, rede de adução e de distribuição de água.

F. Carvalho, do www.a24horas.com com informações da CCOM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s